Buscar
  • CP Odontológica

Devo extrair o dente do juízo?



Como eles nascem quando a pessoa tem entre 16 e 21 anos, alguém decidiu chamá-los de dentes do siso (juízo, do latim).


Mas, ao contrário da maturidade, que se espera que todos tenham, os dentes do siso não são necessários e, não raro, não passam despercebidos lá no fundinho da boca. São comuns as queixas de incômodo e dor. E daí, claro, a famosa cirurgia que atemoriza tanta gente: a retirada dos sisos.


Será que é preciso mesmo extrai-los? O fato é que nem todos precisam extrair o siso, pois alguns têm uma mandíbula grande que abriga os quatro dentes “extras” sem causar nenhum problema dentário, como alterações na mordida, dificuldade de escovação e outros.


Para quem precisa, o ideal é que o dente seja retirado antes dos 30 anos. Depois dessa idade, a raiz do dente vai se calcificando com o osso e fica mais difícil retirá-lo, podendo até lesar os nervos que passam pela região. Deixar para extrair mais tarde pode causar outras complicações, já que o dente pode infeccionar mesmo não tendo despontado na gengiva.


Os sisos podem ser retirados mesmo quando não há sinal visível deles na gengiva. Um dentista ou cirurgião buco-maxilo saberão dizer, por meio de radiografias panorâmicas, se é necessário ou é hora de extrair.

2 visualizações

©  2019 Empresa orgulhosamente amapaense

Av. São José, nº 1158 - Julião Ramos

Tel: 096 4141-5280

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle